domingo, 16 de dezembro de 2007

solenes embirrações (I)

Disse eu, há uns dias atrás: embirro com a Catarina Furtado, quando apresenta programas de entretenimento.


Responderam alguns, como por exemplo: Não, não embirro com a Catarina Furtado...e sou cada vez mais de embirrações...Trabalhei com ela em videos para formação e acho-a uma pessoa que pensa com autonomia, é genuina e muito profissional e já agora......... é de uma beleza luminosa ( o que convém para se estar à frente de câmaras). Acho que fez como ninguem a Chuva de Estrelas e a Operação Triunfo, um programa por muitos considerado lamexas e pífio, mas que vejo e discuto com prazer com filhas e sobrinhos - é um programa que admite e reforça o sonho e a fantasia, promove o investimento e o esforço e dá palco a quem provávelmente nunca conseguiria ter....acho a Catarina F. , a profissional ideal para apresentadora deste tipo de programas. Também acho que a maior parte dos ditos "programas de entretenimento" são de muito má qualidade e - pior ainda -, geram conversas tolas e alienantes. - MR ( género feminino)
e mais: Há algo na Catarina Furtado que também me irrita, eventualmente representado naquele sinal.A classificação (não por culpa dela, sublinhe-se) de "namoradinha de Portugal" sempre me fez urticária.Salve-se o poema de "Solte-se o beijo", cantado pela Sara Tavares e pelo Nuno Guerreiro.Uma vez num programa em que ela andava à caça do tesouro (chamar-se-ia assim?), desceu do helicóptero e encontrou um grupo de meninos. E perguntou: "qual de vocês se chama cisterna?" - andava à procura de uma "cisterna", indicada no mapa do tesouro... - Mário Cordeiro
e ainda mais: Engraçado, mas também eu tenho uma certa embirração para com a Catarina.Acho no entanto que fotografa bemsinho e não é necessàriamente coisinha pra se deitar fora...Até talvez a culpa seja nossa, rapaziada. - Manuel Teixeira
e para acabar com a Catarina : Também não adoro a Catarina e as suas boquinhas possidónias (embora a ache bem bonita), mas a minha embirração de estimação, mesmo, mesmo, é o comendador metralha. O Berardo, claro.- AV ( género feminino )
Mas a embirração inicial, aquela que devia ter sido transcrita para dar início a esta rubrica é a que está aqui, logo abaixo,, que saiu, como desabafo, enquanto um grupo alargado de amigos discutia isso mesmo, "as solenes embirrações". Não a ouvi, garantiram-me que foi mesmo assim , o que, tendo saído de quem saíu , não me custa, um pouco que seja, a acreditar:
Embirro com blogues - FJAB ( género masculino )

E , agora, mais uma das minhas próprias " solenes embirrações"

Embirro com as mulheres - em regra entre os 30 e 40 anos - que conduzem carros de gama alta, geralmente 4X4,principalmente na fase do início das manhãs, quando levam os filhos aos colégios particulares, filhos esses, geralmente os primogénitos , de tenra idade e que, por isso mesmo, elas julgam que são os mais inteligentes, mais bem educados e , por isso, com um estatuto ligeiramente superior aos dos outros filhos - filhos dos outros, bem entendido. E a embirração continua com a maneira como elas se julgam no direito de estacionar o carro onde querem, tirando o lugar aos outros e também a agressividade que demonstram perante a mais pequena contrariedade , seja alguém que estaciona no lugar que elas pensavam ser seu direito ocupar, seja, simplesmente , alguém que as atrasa, enquanto atravessa uma passadeira de peões. Embirro, também, e por fim, com o ar de excessiva pressa delas ,porque as imagino preocupadas com as compras que aí vêem ou com os compromissos inadiáveis de uma carreira de sucesso.

E outras " solenes embirrações" estão já no prelo, esperando eu que o editor não se chateie temporariamente e não cumpra o compromisso que assumiu consigo próprio de actualizar o blogue todos os dias.

6 comentários:

Vanessa disse...

Pois eu, rapaziada, que só agora vi isto, embirro solenemente com quem embirra com a Catarina Furtado. Para já.

miguel disse...

Cá para mim, vanessa é um pseudónimo....para já.

av disse...

Cá para mim, a Vanessa é do contra... para já.

miguel disse...

e se eu disser que a vanessa é o nicholas cage de boa memória, posso estar errado , mas também posso estar certo...para já

Vanessa disse...

Embirro com tipos que embirram, exclusiva e obrigatoriamente, com estas mulheres. Acham, pelos vistos, que só mulheres, por um lado, e só estas, em particular, têm comportamentos, digamos, embirrentos, reveladores, digamos ainda, de uma especial idiossincracia de classe. Não é verdade, claro. Esta embirração, aliás, não é embirração: é preconceito declarado, mas mal assumido. Contra um certo estado de coisas. As mulheres - estas - os filhos, os carros de gama alta, as compras, a carreira de sucesso e o mais, aqui, são o que são: mero pretexto.
Vanessa disse.

av disse...

Ah, tigre!!

Ou talvez: Ah, Limiano!
Bjs