terça-feira, 1 de janeiro de 2008

cantinho do piroso que nunca deixei de ser... (VIII)

Esta é uma lindíssima canção do falecido John Denver. O John partilhava comigo a paixão por aviões. Mas foi muito mais consequente do que eu nessa paixão. Por isso,um dia, acabou por se espatifar, ao levantar voo, e morrer. Ficaram a voz e as canções, devidamente catalogadas e por mim recordadas.
Perhaps love is like a window/Perhaps an open door/ It invites you to come closer/It wants to show you more/ And even if you lose yourself/ And don't know what to do/ The memory of love will see you thru...

5 comentários:

Vanessa disse...

http://www.youtube.com/watch?v=Fp5X4MBIbLs

Gosta desta, Miguel?

Vanessa disse...

E deixe-me dizer-lhe que a sua proposta musical é, realmente, muito bonita. Tenho apreciado com especial enlevo, este seu cantinho, nem sempre piroso.

Huckleberry Friend disse...

Gostei da canção, apesar do discurso à Fidel Castro... mas como ainda sou mais piroso do que tu, prefiro Annie's song. E delirei com a sugestão da Vanessa.

miguel disse...

Também eu delirei com a proposta da Vanessa. Obrigado. E olha, Vanessa, vai sair hoje uma colaboração do Zé Manel Bela Morais, sobre aventuras antigas passadas num lugar chamado baleal. Agradar-te-á?

Mantem-te atenta (podes-me tratar por tu...)

av disse...

Ai, que se desenha aqui um caso!
("podes tratar-me por tu??!!") Então, Vanessa? Haja decoro! Deixe lá estar o "você" que o respeitinho é muito bonito...