sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

Aznavour...


Desde que me conheço que nutro, do ponto de vista musical, duas paixões raramente esmorecidas. Essas paixões têm como objecto dois nomes afastados no tempo e no estilo: João Sebastião Bach e Charles Aznavour. Não se pode dizer, de um e de outro, que correspondam a descobertas que eu fiz, dada a tenra idade que as pessoas têm quando se conhecem a elas próprias. Terá havido coincidência, sim, na própria circunstância ( uma circunstância felizmente precoce). E a circunstância faz o homem. Não fora a paixão potenciada em pequeno e estou convicto que , de qualquer modo, cedo ou tarde ela sairia do adormecimento. A modos que uma marca do destino.
Vem isto a propósito duma interessante entrevista que o compositor francês deu ontem a uma jornalista da RTP1, tendo como pretexto a sua vinda, próxima, a Portugal. O interesse da entrevista teve a ver com a excelente forma física do entrevistado ( prestes a completar 84 anos) - facto susceptível de nos fazer duvidar, por um momento, da lei da vida - e também por ser uma oportunidade de conhecer a personalidade de alguém capaz de compôr melodias tão belas.
Deixo para mim as ilusões e desilusões que a entrevista me provocou mas proponho ficarmos todos com " Sa Jeunesse"( a música preferida de Aznavour, como ele próprio referiu) e "Hier Encore" ( uma das minhas preferidas, facto que passa a ser público). Apenas duas das cerca de 850 canções (!) , incluíndo poemas que aquele profícuo talento já compôs.
Que seja longa a vida que te resta , Charles!


nota do editor: entrada com sugestões enviadas de Macau, as quais subscrevo de olhos fechados e ouvido atento!

4 comentários:

Huckleberry Friend disse...

Lá estarei, a 23 de Fevereiro. E tu? Um abraço!

av disse...

O Aznavour é que é adorável... mas não vou vê-lo. Primeiro porque não posso (tenho um casamento nesse dia) e depois porque quero conservar a imagem de palco que tenho dele, muito mais novo.

Concordo em absoluto com as tuas paixões musicais. Juntar-lhes-ia outras, mas esses dois são mesmo de primeira água.

Vanessa disse...

http://www.youtube.com/watch?v=oMOsXXJw7pA

Sofia disse...

Eu vou, porque nunca o pude ver e porque é daqueles que tenho mesmo de ver... nem sabes o quanto vou cantar, o que vou dançar... Também vi a entrevista, fiquei contente de saber que não costuma estar deprimido... apesar da idade! Possivelmente vamos ter de o ajudar a cantar... mas assim é que eu gosto!

beijinhos