segunda-feira, 26 de novembro de 2007

espanto...


Lido diariamente com muitos jovens. São dias que se foram multiplicando por semanas e estas por anos. Muitos, no contexto da esperança de vida, e então da minha...nem se fala.
Dos jovens, conheço-lhes e desconheço-lhes manhas, sonhos e projectos. Navego em certezas que se convertem noutras, à velocidade da minha disposição ou da disposição deles.
Já nada me espanta ou, às vezes, tudo me espanta.

Transcrevo, entediado, para um formulário online, nomes de jovens inscritos no clube do Desporto Escolar do estabelecimento onde trabalho.
Alguns exemplos :
Arminaldo; Silvano; Rony Edson; Irineu; Leida ; Jaivine; Anycleive; Nádia Horneila; Cinthya; Lenira; Allan; Josimar.
Note-se, mais uma vez que trabalho onde estes jovens estudam; bem perto de Lisboa, capital de Portugal. A dois quilómetros de outra escola onde abundam outros nomes, outras histórias, tão diferentes que parecem nascidos de um planeta diferente.
E o melhor está para contar...

6 comentários:

Mad disse...

Miguel, não percas nunca essa capacidade de te espantar. A minha (inesgotável) é que me salva da insanidade.

Quanto aos lindos nomes, adivinha de onde vêm?

Mad disse...

(Este comentário era para o post acima, mas não há link...)

PIROSOS DO MUNDO, UNI-VOS!

miguel disse...

Madalena:
a entrada acima é, em parte, dedicada à tua pessoa.

Sofia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sofia disse...

Mas aqui há censura? Não se pode comentar todos os posts? Deve ser para ninguém confirmar que te pareces com o Chuck Norris, estou a ver...

Pois quanto ao de cima... tiveste graça... e sei de alguém que vai adorar ler o que escreveste... Mas tens é de me dizer das músicas, quais são as giras? ;(

Mais um beijinho piroso

p.s. Agradecida por teres seguido meus conselhos blogueiros... agora vão chover comentários...

Huckleberry Friend disse...

Só tu, Miguel, para me fazeres rir com o Eros, que regra geral me faz mudar de estação no rádio do carro... mas olha, como confio no teu gosto, diz lá quais são as músicas giras, que ainda ponho uma no codornizes!